Association Culturelle pour les Etudes Portugaises

Accueil du site > Liste des archives > 2012/2013 > Arquivo artigos jornalinho 2013 > A minha primeira recordação (por Clara Carneiro)

A minha primeira recordação (por Clara Carneiro)

dimanche 8 décembre 2013

Clara Carneiro, aluna da Prof.ª Paula Vidalinc do 10ºano em 2012-2013, redigiu esta composição sobre recordações da infância. Neste ano letivo, a Clara frequenta o 11ª ano.

A minha primeira recordação

Há quase dez anos que a minha querida avó nos deixou. Mas guardo dela muitas e boas lembranças. A mais antiga é a de um dia frio de inverno, numa altura em que ela veio a Paris, tinha eu quatro anos. Para me entreter e desfrutar da minha presença, a minha avó propôs-me que descêssemos à cozinha para jogarmos às cartas. Ainda sinto a sua mão, macia e engelhada, a agarrar a minha, ajudando-me a descer as escadas, degrau por degrau. Lembro-me dos seus cabelos brancos apanhados num totó no cimo da cabeça, do seu rosto claro e cansado pelos anos, dos seus olhos brilhantes olhando para mim, do sorriso que lhe iluminava o rosto todo… Lembrar-me-ei deste rosto até ao meu último sopro.

Na cozinha, sentamo-nos à mesa. Lembro-me de ver as suas mãos a baralharem as cartas. Fazia-o com precisão e sabedoria. Deu as cartas e couberam-me três vermelhas e uma preta. Não sabia por que me tinha dado as cartas, nem o que fazer com elas. Não conhecia aquele jogo. Com a sua voz doce, explicou-me calmamente as regras. Era o jogo do peixinho. Gostei de imediato daquele jogo. A minha avó era a melhor professora e a mais terna das mulheres deste mundo.

Para mim, esta é a primeira recordação da minha existência e uma das mais belas que guardo desta senhora do meu coração. A relação entre diferentes gerações de uma mesma família sempre me fascinou. É surpreendente o que se pode aprender com os mais velhos !

Composição da aluna
Clara Carneiro 2e B

Répondre à cet article

ACEP: 47, rue de Naples, 75008 Paris — Tel: 01 43 87 52 91 — Fax: 01 43 87 37 57 | Se déconnecter |