Association Culturelle pour les Etudes Portugaises

Accueil du site > Liste des archives > 2014/2015 > Articles de 2014 > Da janela do meu quarto > Da janela do meu quarto, vejo um campo de erva... (Filipa Araújo (...)

Da janela do meu quarto, vejo um campo de erva... (Filipa Araújo 4eD)

mardi 2 septembre 2014

Da janela do meu quarto, vejo um campo de erva. Ele vai até muito, muito longe e é de um magnífico verde claro. As crianças vão para lá brincar enquanto o sol não queima. Uns jogam à bola ; outros estão deitados na relva a ver o céu. Um dos meninos da bola atirou-a tão alto para o ar que parece que ela vai rasgar as nuvens.

O céu está claro e o sol brilhante. Chega até mim o aroma das flores que nasceram na Primavera e que são maravilhosas agora, no Verão. A doçura deste cheiro mistura-se bem com as cores que as flores reflectem na minha janela : amarelo, rosa, vermelho… cores que enchem o meu coração de alegria desde a manhã.

O sol de Verão bate no meu rosto e aquece o meu corpo ainda meio adormecido. Ouço os meninos e as meninas a falarem e a rirem de tudo e de nada.

Da janela do meu quarto, vejo o mundo infantil das crianças que me faz regressar à idade da inocência.

Da minha janela, vejo a vida.

Filipa Araújo 4e D

Répondre à cet article

ACEP: 47, rue de Naples, 75008 Paris — Tel: 01 43 87 52 91 — Fax: 01 43 87 37 57 | Se déconnecter |